By Rui Branco

Rafael-Ribeiro-blog

episódio138, Rafael Ribeiro

O convidado desta vez é o Rafael Ribeiro, músico, técnico de som, produtor, professor de música, e acima de tudo uma pessoa com as ideias bem claras do que quer.
Tem uma banda, os Zuuzaa, que dia 3 de Setembro tocaram na Festa do Avante.
Livros referidos:

Para ler o texto mais longo com a minhas reflexões sobre a nossa conversa, tornem-se patronos no Patreon.

FalarCriativo-Frankie-Chavez-blog

episódio 137, Frankie Chavez

O conviado desta vez é o Frankie Chavez, músico, ao qual cheguei por ter trabalhado com a mulher dele há uns anos. Quando comecei o podcast, foi das primeiras pessoas que convidei e que acedeu, mas só agora, passados quase quatro anos, as agendas alinharam para conseguirmos ter a nossa conversa.

O livro referido é o “Shantaram” do Gregory David Roberts.

Para ler o texto mais longo com a minhas reflexões sobre a nossa conversa, tornem-se patronos no Patreon.

Melo_D-Blog

episódio 136, Melo D

O convidado desta vez é o Melo D, músico que tem feito muita coisa, em nome próprio e colaborando com outros.

Conheci o Melo D numa festa, desde o início da festa que me parecia ser ele, mas não tinha a certeza, até que alguém lhe perguntou para quando um novo disco, aí disse-lhe: “Ah, tu não és um gajo parecido com o Melo D, tu és “O” Melo D!”

Nessa festa estavam três anteriores convidados, a Mercês Gomes, o João Banazol, e a Marta Mestre, coisa que por vezes já me acontece, ir a sítios onde encontro vários convidados do podcast, e isso dá-me gozo, a rede que tenho construído, e o priveligiado que sou em poder conhecer estas pessoas.

Livro falados:

Foto de Graziela Costa.

Para ler o texto mais longo com a minhas reflexões sobre a nossa conversa, tornem-se patronos no Patreon.

 

 

Luis-Simoes-Blog

episódio 135, Luis Simões regressa

O convidado desta vez é o Luís Simões, que já cá tinha “estado” no episódio 51, dessa vez via skype, e desta vez ao vivo e a cores.

Episódio 51

A nossa conversa começou onde terminou a outra, isto é, na altura o Luís estava em Hong Kong, e o que falámos foi do que aconteceu a partir daí, e as mudanças que ele como pessoa sofreu nestas aventuras.

Para ler o texto mais longo com a minhas reflexões sobre a nossa conversa, tornem-se patronos no Patreon.

 

 

cockman1_capa

Cockman, um livro de banda desenhada

Um dia recebo uma mensagem a dizer-me:
“Bom dia,
O meu nome é João André Ribeiro (John River) e estou neste momento a tentar promover e divulgar o primeiro livro de banda desenhada do meu projecto.”
Entre várias trocas de mensagens, lá combinei encontrar-me com o João, para falarmos um pouco sobre o seu livro “Cockman”.
Falámos um pouco sobre o processo de escrever o livro, como tinha surgido a ideia, e fiquei a perceber que o João tem uma mentalidade de crescimento, de dia a dia melhorar, e de ser fiel àquilo em acredita e se sente melhor a fazer.
Ofereceu-me uma cópia do livro para eu ler, e caso eu achasse que se justificava, divulgar.
E justifica-se a divulgação deste projecto, é um livro diferente, algo naïf, que me fez lembrar projectos que muitos jovens têm com amigos de criarem a sua própria banda desenhada, mas com um nível mais cuidado, com mais mestria.
Se é o melhor livro de banda desenhada que li? Não. Se acho que podia ser melhor? Podia. No entanto a história prende-nos diverte-nos, pois está cheia de humor, de aventura, de surpresas, e é um belo começo para o João nesta sua vontade de ser autor de banda desenhada.
Este é o primeiro de uma saga, e tenho a certeza absoluta que os outros serão ainda melhores, e eu fiquei cheio de vontade de saber mais sobre estes personagens.
Enquanto isso não acontece irei reler o livro, ver coisas que não vi, explorar outras camadas que estão lá e tanto enriquecem o livro, e nós os leitores.
A coragem de lutar por aquilo em que acredita, fez-me a mim acreditar que ainda vamos ouvir falar mais do John River e destes seus personagens.
cockman1_sample1cockman1_sample2
 Sinopse da editora:

Alves é um Alce com factor-cura, Qem-Éq é o seu irmão adoptivo e consegue falar com os animais. Ambos são os príncipes de Cannadis – um reino utópico de super-heróis, situado no interior do Canadá. Os 2 heróis estão de passagem por GoddamnCity, visitando o seu amigo Cockman, um super-herói canadiense. É o ano 2999 da nova era e o mundo está ligeiramente diferente.

Cockman – Episódio 1
Autor: John River
Editora: Chiado Editora
40 páginas a cor
ISBN: 978-989-51-9937-2
PVP: 7€