Skip to content

episódio 155, Tiago Pereira

O convidado desta vez é o músico, realizador, entre outras coisas, Tiago Pereira.

O Tiago tem um projecto muito interessante já há vários anos chamado A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria, e a propósito do piquenique que vai acontecer no próximo domingo dia sete de Abril, em Viana do Castelo, decidimos falar sobre o processo dele, o que faz como faz e porque faz.

A memória é sem dúvida algo importante para ele, e, hoje em dia muitas pessoas consideram a memória como algo pouco relevante numa era de agendas, telemóveis e afins, tornam quase obsoleto o acto de recordarmos, e de partilharmos essas lembranças, desenrolando o fio que são as nossas memórias, com os outros.

A tradição oral não tem, na minha opinião, como substituto a tecnologia, podem e devem ser parceiros, ajudarem a tornar mais rica a experiência.

Ver uma foto, e associada a ela um avô contar um história é sem dúvida mais marcante do que ver um filme 3D da mesma situação.

Não sou contra a tecnologia, sou contra o deitar fora tradições que não têm substituto.

Por isso, é ir ao piquenique que vai acontecer no próximo domingo dia sete de Abril, em Viana do Castelo ouvir cantares, histórias e memórias.

Livros referidos:

Agradecimento especial à Rita Marques da Impacthouse pela cedência do espaço para a entrevista.


Comments are closed.