episódio 36 Thomas Anahory

O convidado desta semana é o Thomas Anahory, músico que já conta com dois álbuns editados.O Thomas entrou em contacto comigo porque ouviu uma entrevista do Falar Criativo. e perguntou-me se eu poderia divulgar o trabalho dele no blog.

Eu fui ao site dele e depois de ler que practicava bodyboard para descontrair (eu também já fui desses), e ver que desde a juventude a música fazia parte da sua vida, fiquei curioso de falar com ele.

Fui ter a casa dele, e desde logo me senti à vontade, pois a sua alegria e simpatia são contagiantes.

A conversa centrou-se como seria de esperar na música, no percurso do Thomas desde a sua banda no liceu os “Go!” até ao seu projecto actual a solo.

O Thomas trabalha como Sound Designer, ou seja o seu trabalho tem a ver com produção musical, ele trabalha sobre a música de outros interpretes, e tem também a necessidade criativa de partilhar com os outros aquilo que se vai passando na sua vida.

O primeiro álbum, o “So much of me” é como o próprio nome diz um disco muito pessoal, quase autobiográfico, e senti na nossa conversa que a escrita de canções é a forma que o Thomas tem de se exprimir.

O segundo álbum “Thank your lucky stars”, tem uma história de força e coragem envolvida no seu processo criativo, uma vez que o Thomas escreveu o album na convalescência de um transplante renal, onde a ausência das “distracções” normais de quem vai na corrente do esquema/trabalho, permite que a energia criativa se foque e gere resultados mais rápidos.

A história do Thomas é inspiradora e mostra que quando realmente temos de criar algo, o obstáculo é o caminho.

 

Leave a Reply